Danilo Pavone

Catânia (Itália) - 1971

Vive e trabalha em Coimbra, Portugal

 

 

Danilo Paolo Pavone nasceu em Catânia, Itália, em 1971. Vive e trabalha em Coimbra. Danilo Pavone estudou Cenografia na Accademia di Belle Arti di Bologna (Academia de Belas Artes de Bolonha), desenvolvendo a sua pesquisa, primeiramente em fotografia analógica, e, em seguida, na fotografia digital. De entre os seus projectos mais recentes é de salientar Fellini/Lisboa (2009), realizado nessa mesma cidade com o patrocínio do Instituto Italiano de Cultura e exposto no circuito das galerias FNAC. Neste trabalho, as imagens de um mundo felliniano, em que a suspensão temporal e a utopia são as linhas temáticas de demarcação, criam um sentido não “evenemencial” das coisas, onde a dimensão onírica dos lugares e dos personagens é ampliada pelo uso sapiente do preto e branco. O tema de Corpo Grego (2005) é, no entanto, o indivíduo e a identidade, um binómio que se expressa através da linguagem corporal: decomposto e remontado por módulos. O projecto de arte Hipotenusa (2003) ganhou o 1 º prémio da VIII Bienal de Fotografia de Vila Franca de Xira: um conjunto de imagens sobre o corpo nu no limite da sua própria fraqueza e que circula em torno do cancelamento do rosto, da fragmentação/unidade do corpo e, finalmente, da sua ocultação.
Na sua obra, Danilo Pavone privilegia uma estética suave, vagamente nostálgica, quando não fortemente perturbadora.

 

 

Exposições Individuais

 

2010 - Body's Archives, Galeria Serpente, Porto, Portugal

2009 - Litorais, FACE, Espinho, Portugal

- Fellini/Lisboa, FNAC Chiado, Lisbon, Portugal

- Fellini/Lisboa, FNAC Alfragide, Lisbon, Portugal

- Fellini/Lisboa, FNAC, Madeira, Portugal

2008 - Fellini/Lisboa, FNAC Norteshoping, Vila Nova de Gaia, Portugal

- Litorais, Centro Cultural de Cascais, Cascais, Portugal

- Litorais, Centro de Arte e Espectáculo, Figueira da Foz, Portugal

- Corpo Grego, Galeria Sub-Verso, Espinho, Portugal

2007 - Landscape Theories, Centro Português de Fotografia, Porto, Portugal

- Naquele Lugar sem nome pra qualquer fim, Palácio do Freixo, Porto, Portugal

- Naquele Lugar sem nome pra qualquer fim, Castelo de Pinhel, Pinhel, Portugal

2006 - Naquele Lugar sem nome pra qualquer fim, Teatro Gil Vicente, Coimbra, Portugal

2005 - Hipotenusa, IX Bienal de Vila Franca de Xira, Vila Franca de Xira, Portugal

- Corpo Grego, Galeria Serpente, Porto, Portugal

2004 - Requiem, Centro Cultural Raiano, Idanha-a-Nova, Portugal

- Wool, Galeria FNAC, C.C.Colombo, Lisboa, Portugal

- Hipotenusa, Galeria Cirurgias Urbanas, Porto, Portugal

- Hipotenusa, VIII Bienal de Vila Franca de Xira, Vila Franca de Xira, Portugal

2002 - Egitânia, Museu Monográfico de Conimbriga, Condeixa-a-Nova, Portugal

1999 - Atmosferas da Lã, Museu de Lanifícios, Covilhã, Portugal

1997 - 3 portraits, C.S.O. Level 57, Bologna, Italy

- Bologna, A.BB.AA., T.P.O Teatro Polivalente Ocupado, Bologna, Italy

1996 - In Corpo Spezzato, Galleria Paolo Nanni, Bologna, Italy

 

 

Exposições Colectivas

 

2007 - XIV Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira, Portugal

2005 - XIII Bienal Internacional de Arte, Vila Nova de Cerveira

1998 - Palazzo Galvani, Bologna, Italy

 

 

Prémios

 

2004 - 1º prémio na VIII Bienal de Fotografia de Vila Franca de Xira, Portugal

 

 

Colecções

 

Colecção Nacional do Centro Português de Fotografia, Portugal
Colecção do Município de Vila Franca de Xira, Portugal
Consultado Italiano, Porto, Portugal
Centro Cultural Raiano, Idanha-a-Nova, Portugal
Centro de Artes e Espectáculo, Figueira da Foz, Portugal
Centro Cultural de Cascais, Cascais, Portugal
Colecções privadas