Beatriz Manteigas

 

Liquid Societies

instalação

 

09 junho . 21 julho . 2018

Pintura de Beatriz Manteigas

Liquid Societies (“sociedades líquidas”), título adoptado da coletânea de artigos de Umberto Eco com o mesmo nome, é uma série iniciada em 2016 com o início da crise dos refugiados do Médio Oriente – mote que, ao ser desenvolvido, levou a inúmeras outras referências da sociedade contemporânea atual: rápida, frágil, alucinada e alucinante, de valores mutáveis.
Mantendo a linguagem do Desenho como central, esta é a primeira linha de trabalhos em que a autora destaca a linguagem da colagem, aumentando o carácter dramático das cenas e a fragilidade dos resultados, do suporte - numa alegoria direta à fragilidade dos sistemas, do mesmo modo tão facilmente corrompíveis.
É dessa facilidade na manipulação imprevisível daquilo que se considera certo que parte o exercício proposto: a destruição do acabado, do correto e do seguro, das referências e do inteligível; a adaptação e tradução tendenciosa; a formatação pelo exemplo do ideal como única forma viável – questões plasticamente trabalhadas, por vezes até à exaustão, resultando num afastamento do contexto e conteúdo e aproximação do abstrato e da liquicidade da própria Arte Contemporânea.

logótipo galeria serpente

Rua Miguel Bombarda, 558 - 4050-379 Porto

tel: 00351 - 226 099 440 - Portugal

e-mail - galeria@galeriaserpente.com

www.galeriaserpente.com

www.facebook.com/galeriaserpente

Horário: quinta a sábado das 15h às 19h